ColunistaFórmula 1Post

Alesi, Armstrong e Shwartzman participaram dos testes em Fiorano com a Ferrari

A Ferrari está realizando uma semana de testes em Fiorano com os seus pilotos. Carlos Sainz vai participar da atividade nesta quarta-feira

A Ferrari organizou cinco dias de teste na pista de Fiorano, as atividades começaram nesta segunda-feira (25) com o time disponibilizando o SF71H, o carro com especificações de 2018 para a realização das atividades.

As temperaturas estavam baixas por conta da época do ano, os pilotos da academia da Ferrari enfrentaram temperaturas próximo do zero e tiveram que lidar com um pouco de neve no circuito, realizando a sua estreia. Giuliano Alesi, filho de Jean Alesi foi um dos primeiros a enfrentar a pista. O francês tinha o número #28 estampado no seu carro, assim como pai quando guiou pela Ferrari em 1991.

As primeiras voltas de Alesi no circuito foram cautelosas, com o piloto ganhando ritmo à medida que seguia na pista. Os passos do garoto foram acompanhados de perto pelo pai, que observava as suas voltas em Fiorano.

“Gostaria de agradecer à Ferrari e a FDA por esta oportunidade fantástica de hoje. Poder entrar no cockpit do SF71H foi incrivelmente emocionante, pois guiar o carro na pista com meu pai assistindo, pude usar o mesmo número que meu pai usou em uma corrida. Em termos de manuseio, o carro não é muito difícil de dirigir, mas a potência foi surpreendente e parece nunca ter fim. A velocidade e eficiência também são impressionantes. Esse teste foi a melhor maneira possível de me despedir da Ferrari. Agora uma nova aventura me aguarda na Ásia e mal posso esperar para começar.”

As atividades seguiram e foi a vez do piloto da Fórmula 2, Marcus Armstrong conhecer o SF71H, foi a sua estreia conhecendo um carro de Fórmula 1. Ele é o segundo neozelandês a guiar um F1 pela Ferrari, após a passagem de Chris Amon pelo time de Maranello (1967 – 1969). Armstrong optou pelo número #09, seu favorito e que acompanha ele desde o kart.

“Obviamente este foi um dia especial na minha vida e correu exatamente como eu esperava. Estar ao volante de um carro de Fórmula 1 pela primeira vez é sempre algo mágico e quando o carro é uma Ferrari é realmente inesquecível. As pessoas sempre dizem que a frenagem é o aspecto mais impressionante e esse era o caso, mas também a downforce aerodinâmica, a velocidade nas curvas, a direção, a potência e as mudanças de marcha perfeitas estão todos em um planeta diferente em comparação com o outras categorias do automobilismo. Gostaria de agradecer à Ferrari e ao FDA por tornar este dia possível e mal posso esperar para voltar a um carro de Fórmula 1 no futuro.”

Robert Shwartzman que já realizou outros testes com a Ferrari, teve a oportunidade de guiar mais uma vez o carro do time italiano. O russo estampou o número #35 enquanto completava as suas voltas no circuito.

“Dirigir um Ferrari de Fórmula 1 é sempre um privilégio e devo admitir que estava começando a sentir falta dessa sensação: hoje, junto com a equipe, trabalhamos em um programa que visa melhorar minha capacidade de dar feedback aos engenheiros e espero Fiz um bom trabalho ao fazer o que me pediram. Quanto a mim, esta foi a melhor maneira possível de voltar a dirigir no ano novo. Logo me senti confortável com o carro e com a equipe, pois não fazia nem um mês desde a última vez e a sensação foi boa em todas as voltas que fiz. Agora é hora de me concentrar no campeonato de Fórmula 2 com a equipe Prema, mas espero ter outra oportunidade de sentar em uma Ferrari novamente o mais rápido possível.”

A semana será recheada de atividade para os pilotos que fazem parte da academia, como Callum Ilott, piloto de testes da Ferrari que também participará das atividades. Mick Schumacher também foi convidado pela Ferrari, o alemão que vai disputar a F1 em 2021 com a Haas, poderá testar o carro de 2018 antes de assumir o cockpit do time americano.

Carlos Sainz que já iniciou suas atividades com a Ferrari, testará na quarta-feira (27), sua chance de conhecer um dos modelos do time que irá defender nesta temporada, antes dos testes de pré-temporada, programados para o Bahrein, em março.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo