ColunistaFórmula 1Post

A experiência adquirida por Alonso nos últimos anos pode fazer diferença neste retorno

Alonso vai guair pela a Alpine em 2021, o piloto se sente mais preprado para encarar este desafio e parece ser uma boa aposta para o time que quer brigar pelo campeonato

Fernando Alonso está confiante e otimista com o seu retorno para a Fórmula 1, nesta temporada o bicampeão mundial vai defender a Alpine, o espanhol acredita que está mais bem preparado para encarar este desafio.

O espanhol está retornando para a categoria, Alonso disputou sua última temporada em 2018, mas nestes anos que esteve na Fórmula 1, conseguiu os seus dois títulos – 2005 e 2006. Infelizmente antes de retornar para as pistas, o piloto sofreu um acidente quando andava de bicicleta na Suíça, ele acabou fraturando a mandíbula e está se recuperando em casa. O piloto que não pode estar presente no lançamento do carro falou sobre a sua recuperação e como está se cuidando:

“Sinto-me ótimo e na melhor forma que alguma vez estive, tanto física como mentalmente. Já faz um bom tempo que me preparo para esta volta e estou com uma nova motivação. Estou pronto!”

“Eu normalmente acho que cada piloto no grid leva três ou quatro corridas para otimizar tudo em um carro novo, talvez um pouco mais se você mudar de equipe ou se você for novo na F1. Para estar 100% atualizado pode demorar pelo menos as primeiras duas corridas, mas é o mesmo para todos. Também tive um pequeno contratempo com um acidente de bicicleta há algumas semanas, mas felizmente a preparação e minha condição física não serão afetadas e estou pronto para ir”, informa o espanhol.

Alonso se manteve ativo, está com 39 anos e tem muita experiência. Os carros acabam evoluindo já que os times estão buscando inovações tecnológicas, lidam com várias atualizações, mas Alonso sabe que pode contar com a Alpine, eles já estão fazendo o possível – criando o ambiente perfeito para que o piloto possa ter o seu potencial explorado. O espanhol participou de sessões de teste particulares, teve um dia de filmagem e conseguiu testar com a equipe em Abu Dhabi, após o encerramento da temporada.

Fernando Alonso – Foto: Renault

Neste período antes do seu retorno para a Fórmula 1, Alonso competiu no Rally Dakar, no Campeonato Mundial de Endurance e na Indy 500, buscando a tríplice coroa. Ele acredita que é a experiência que faz a diferença neste esporte.

“Tornei-me um piloto mais completo. Você aprende constantemente quando se impõe a novos limites e quando está fora de sua zona de conforto. Sem dúvida, sou um piloto mais competente agora do que há dois anos”, afirma Alonso.

“Quero melhorar ainda mais como piloto. Tirei muito aprendizado dos últimos dois anos longe da F1 e quero consolidá-lo e aplicá-lo. Por exemplo, diferentes filosofias de corrida, técnicas de direção e abordagens para a ética de trabalho.”

“Em termos de resultados é tão difícil prever. No ano passado, o meio do pelotão estava muito próximo, então neste ano tudo pode acontecer.”

Opinião

Alonso não foi escolhido apenas por ser um bicampeão mundial ou já ter trabalhado com a Renault, o time está realmente focado na potência do espanhol. Antes de retornar às pistas, muitos acreditam que ele vai superar Esteban Ocon com facilidade, justamente por ter muito conhecimento, e está é realmente a minha aposta.
 
Este ano é um grande momento para o espanhol mostrar todo o seu potencial, principalmente antes da chegada do novo regulamento. A Renault se mostrou competitiva em 2020, o que também deve ter despertado a atenção do espanhol. Alonso quer brigar por pódios e este também é o objetivo da Alpine. O fator agressividade e leitura da corrida devem fazer a diferença na busca por resultados melhores. 
 
A última vitória de Alonso aconteceu em 2013 com a Ferrari em Barcelona, e seu último pódio foi na Hungria em 2014, também com a equipe italiana. Agora ele tem chances de chegar ao pódio se o carro do time se manter competitivo.
 

A Renault disputou a terceira posição do Campeonato de Construtores, mas fechou na 5ª posição. Após passar por um processo de reestruturação, a equipe quer se tornar mais competitiva, desta forma investiram no nome Alpine que já é consolidado no automobilismo.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo