1ª pilota da Arábia Saudita, Reema Juffali é nomeada embaixadora para o GP de Fórmula 1

A pilota foi nomeada oficialmente emabaixadora do GP da Arábia Saudita. As mulheres não podiam dirigir até 2018 no país

Reema Juffali foi nomeada embaixadora do GP da Arábia Saudita da Fórmula 1, ela é a primeira pilota do país. A Arábia Saudita tem várias polêmicas com relação aos Direitos Humanos, além dos próprios direitos das mulheres. Em 2018 ocorreu a queda da proibição que impedia as mulheres de dirigir.

O primeiro GP da Arábia Saudita será disputado neste fim de semana como a penúltima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. Neste traçado, Juffali de 29 anos será a primeira a dar uma volta. Ela também estará em contato com a mídia para contar sobre a evolução da história do automobilismo na Arábia Saudita, mas participando de outras ações promocionais e cerimônias. Ela servirá como uma fonte de inspiração para outras mulheres do país.

LEIA MAIS: Renault celebra permissão para mulheres dirigirem na Arábia Saudita em Paul Ricard

“É uma grande honra para mim ser nomeada embaixadora da primeira corrida de Fórmula 1 na Arábia Saudita”, disse Juffali em comunicado oficial.

Ela terá a oportunidade de guiar a Williams FW07 em um shakedown, acompanhada de outros pilotos profissionais. O carro carrega o patrocínio da companhia aérea Saudia.

“Crescendo em Jeddah, andei pelas mesmas ruas que formarão o circuito em que os melhores pilotos do mundo correrão agora. É difícil expressar como está ocasião é importante para a cidade. Estou realmente ansiosa para participar das atividades durante o fim de semana de corrida e espero que a minha história e jornada possam servir de inspiração para quem está pensando em seguir o seu sonho.”

LEIA MAIS: Em estreia do GP do Catar, Hamilton defende a diversidade e estampa arco-íris em capacete

Juffali assim que tirou a licença começou a correr profissionalmente, ela passou pela Fórmula 4 britânica dos Emirados Árabes Unidos e também disputou a Fórmula 4 britânica em 2020. Reema também disputou a Fórmula 3 britânica ficando na 18ª colocação. Em novembro de 2021 ela participou dos testes para novatos da temporada 2022 da DTM.

“Eu também espero que a chegada da F1 na Arábia Saudita inspire mais a próxima geração a seguir uma carreira no esporte e continuar a evolução do automobilismo em nosso país”, completou.

Escute o nosso podcast! 

Sair da versão mobile